A Importância do Benchmarking | Empresa Junior Mackenzie Consultoria

A importância do benchmarking

A importância do benchmarking

Fonte: www.hostinger.com.br

Durante nossas vidas, em muitas situações nós nos pegamos fazendo comparações para melhorar em algum ponto, e nas empresas não é diferente, no caso é utilizado o famoso benchmarking.

Com o intuito de saber como a empresa está em relação ao mercado, os gestores recorrem à essa ferramenta para adquirir informações relevantes de outras empresas e comparar com a própria para futuras melhorias.

O que é?

O benchmarking, derivada da palavra benchmark, que significa referência, funciona como uma ferramenta para as empresas melhorarem seus pontos fracos e aprimorarem os fortes com base em outras empresas do mesmo setor ou de segmentos relacionados.

Basicamente, é um estudo feito com empresas referências, a partir de uma troca de informações e comparação de pontos onde pode ser melhorado, a equipe responsável deve fazer uma análise e interpretação dos dados de uma forma minuciosa para ser preciso e, assim, ajudar os gestores a tomarem as decisões mais assertivas.

Outro ponto importante é que independentemente do tamanho da empresa é de suma importância o benchmarking ser realizado, dessa maneira o negócio sempre estará atualizado sobre os concorrentes, podendo então manter o nível alto de qualidade para seu público.

Pilares do benchmarking

Saber os principais princípios dessa ferramenta é uma das chaves para fazê-la de forma ética e bem-sucedida.

A primeira delas é a reciprocidade, ou seja, ambas empresas devem estar dispostas a dividir informações de forma transparente para igualmente aprenderem.

A confidencialidade é outro princípio, como essa pesquisa possui o intuito de estudo e evolução, divulgar informações não é ético, além de arriscar perder oportunidades com outras empresas.

O próximo é que as informações coletadas não devem ser aplicadas ao pé da letra, deve ser feito uma analogia da realidade da empresa, contextos e afins com a sua própria empresa para ver o que realmente funcionaria.

E a última, mas não menos importante, é estar bem preparado para obter dados pontuais e de uma forma eficiente.

Tipos de benchmarking

Existem vários tipos de benchmarking, assim deve-se escolher aquele que mais se adequa para sua empresa. Sendo, alguns deles:

  • Competitivo – é a comparação com concorrentes diretos, ou seja, medir seu negócio ou produto com quem divide o mesmo público-alvo para conseguir superá-lo.
  • Funcional – é comparado etapas que existem em qualquer empreendimento, sendo ou não do mesmo mercado, por exemplo, gestão financeira, para então verificar as melhores técnicas.
  • De cooperação – acontecem quando há uma parceria entre empresas para geralmente resolver algum problema em comum.
  • Internacional – utiliza como referência empresas internacionais para entender as últimas tendências ficando em vantagem da concorrência nacional.

Como fazer o benchmarking?

Para realização e obtenção de resultados mais precisos, é divido nas fases de planejamento, levantamento de dados, análise e implementação.

Antes de tudo, é importante estudar sua empresa com afinco para identificar os problemas e até pedir feedback de seus clientes pode ser de grande ajuda nesse momento.

Assim estará pronto para a primeira fase, que é onde será decidido o que vai ser analisado, quais empresas vão servir de referência, os responsáveis pela atividade, a criação de um cronograma geral, deixando tudo preparado para a próxima fase.

Nessa nova etapa, para levantar os dados – uma empresa de cada vez - pode utilizadar ferramentas disponíveis na internet, ir em eventos ou entrar em contato diretamente com a empresa, ressaltando que quanto mais organizado as informações coletadas estiverem, mais fácil será na hora de analisar.

Então, junta-se os dados coletados para análise, que é o momento em que se compara e verifica o que é interessante e relevante para sua empresa de tudo que foi encontrado. Além disso, é interessante fazer um levantamento dos pontos altos e baixos para a próxima vez conseguir evitar o que não foi bom. Assim, por meio de um relatório é formalizado todas as conclusões chegadas.

Ressaltando que nem tudo que for encontrado será o melhor para a empresa, então deve ser analisado cautelosamente para não criar prejuízos que poderiam ter sido evitados.

Visto as descobertas, cabe os gestores decidirem o que acham viável e conveniente para implementar na empresa, independentemente disso, o conhecimento adquirido é imensurável.

Importância para a empresa

Agora que já foi visto o processo para se fazer o benchmarking, vamos entender quais benefícios ele traz. Alguns deles são:

  • Descobertas de práticas que funcionam em outras empresas e podem funcionar na sua, aprimorando técnicas e processos;
  • Saber e ter uma base argumentativa de que ponto precisa ser investido no futuro;
  • Melhora do conhecimento que se tem sobre sua empresa;
  • Aumenta seu networking;
  • Motiva a equipe, mostrando que são metas alcançáveis;
  • Aumento da eficiência e eficácia da empresa;
  • Maior reconhecimento no mercado, podendo se tornar uma empresa referência.

Tome cuidado!

Ao utilizar essa ferramenta, tome cuidado com alguns caminhos que podem ser prejudiciais.

Por exemplo, evite focar demais na concorrência pois não poderá ultrapassar o limite de obter informações para inovar na sua empresa, para ser uma seguidora, fazendo com que perca sua identidade. Ou até aplicar técnicas com pressa sem analisá-las antes, pode dar errado porque como foi dito, não necessariamente, o que funciona na outra empresa funcionará na sua.

Lembrando dessas dicas, menos empecilhos e novos problemas aparecerão no percorrer do processo.

Aliado do marketing digital

Atualmente, os meios digitais mais do que nunca estão presentes na vida das pessoas, e cada vez mais as empresas precisam estar inteiradas entre elas para maior sucesso.

Nesse contexto, é importante ter parâmetros para saber como estão suas estratégias de marketing digital em relação às outras empresas.

Questões como “quais as principais redes sociais o meu público utiliza?”, “como os meus concorrentes agem na internet?”, entre outras, com certeza são informações úteis para sua empresa, pensando em melhorar os resultados e ter soluções para os problemas, e ainda por cima, esse benchmarking com certeza te proporcionará insights que te farão pensar e ter novas ideias.

Conclusão

Para concluir, é importante ressaltar que o benchmarking não é algo feito uma única vez, deve ser um processo constante de aprendizado e desenvolvimento dentro das empresas, sempre criando novos objetivos para chegar na excelência.

Assim, após aplicar essa ferramenta, com certeza sairá com diversas ideias novas e estará em vantagem em relação a quem não aplica.

Encontre a solução para o seu negócio